Você está em » Gestão
Em 02/04/2018 12:04:04

Serão vendidos para a empresa norueguesa Widerøe 15 aviões do modelo E190-E2

A primeira exportação da nova família de jatos comerciais da Embraer será financiada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Segundo o banco, o contrato com a empresa aérea regional norueguesa Widerøe prevê a exportação de até 15 aeronaves da família E-Jets E2 nos próximos anos.

Serão vendidos aviões do modelo E190-E2, o primeiro da família E2, e o primeiro voo comercial já está previsto para o dia 24 de abril, na Noruega. A empresa norueguesa, informa o BNDES, é a maior companhia aérea regional da Escandinávia e será a primeira no mundo a receber o modelo.

Além do apoio à exportação, o banco apoia projetos inovadores e financiou também o desenvolvimento da aeronave, destinando R$ 1,2 bilhão à Embraer entre 2014 e 2015. Uma das novidades do modelo E190-E2 é o motor que economiza 17% em combustível, emitindo menos gases e ruídos que a primeira geração de aviões E190, sendo assim o mais ecológico do segmento.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do BNDES e da Embraer