Você está em » Entretenimento
Em 14/01/2016 20:54:00

 O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Acre divulgou esta semana a história do ex-seringueiro José Coelho de Souza, que teria 131 anos. Segundo a certidão de nascimento, ele nasceu em 10 de março de 1884, na cidade de Meruoca (CE). Morador da comunidade Estirão do Alcântara, a 30 minutos de barco de Sena Madureira (AC), Souza teve que comprovar que ainda estava vivo para continuar recebendo a aposentadoria.  

Quando foi feita a visita do INSS à casa do aposentado, ele teria 129 anos, porém, a história só repercutiu após uma postagem do gerente da agência central do INSS em Rio Branco, Kennedy Afonso, em sua página pessoal no Facebook.

"Os órgãos de controle externo cobram a comprovação de vida de pessoas seguradas com mais de 90 anos. Antigamente, as pessoas precisavam ir nas agências para essa atualização, mas agora o INSS faz isso e acabamos encontrando Souza. Um servidor de Sena Madureira foi no local e comprovou que ele ainda está vivo", explica.