Você está em » Política
Em 24/10/2017 21:31:45

CRESCE A EVENTUAL CANDIDATURA DE DR. PESSOA

 

Magno Pires

 

Os ricos não querem o dr. Pessoa como eventual candidato ao governo estadual. Acham-no simplório. Mas Pessoa se vinga; porque o seu apoio está nas massas sociais mais pobres. Justamente as excluídas pelos políticos. EstAs são a maioria. O preconceito dos poderosos e ricaços não tem sentido. O dr. Pessoa é médico e mestre em medicina. Muito trabalhador. E dirige o seu atendimento prioritário, como médico, às camadas mais necessitadas. Esta conduta não agrada aos endinheirados. Além de professor universitário na área médica da federal do Piauí.

O seu jeito popular e vulgar (jamais simplório), desprendido e simples, humilde e carinhoso, humano e cristão, está ganhando os espaços vazios deixados por políticos sem o seu perfil no Estado.

A população não aceita mais esses candidatos e políticos imponentes, impopulares, sem carisma, distante do povo, sapato alto, nariz empinado, sem apego popular, que não conversam com os humildes, com os pobres, bem distantes dos segmentos sociais fragilizados. E que ainda dizem que eles só votam, após receber dinheiro, pelo pagamento do voto.

Entretanto, após os governos de Lula e Dilma, o eleitorado tomará posição firme contra o populismo político. Muito em voga nas esquerdas na América Latina, inclusive no Brasil. Por isso, galgaram a presidência, num país de enormes contingentes de famélicos e pobres.

O deputado dr. Pessoa não é populista é popular. E são coisas distintas. Outra vantagem na candidatura de Pessoa: ser deputado. E mantem na Assembleia bom diálogo entre os seus pares. Justamente também por isso, o deputado Themístocles Filho (PMDB), presidente da Assembleia, ter assegurado entre políticos, que se não for ungido com a vice-governadoria de Wellington, lançará o Dr. Pessoa como eventual candidato ao governo estadual. Olha a coisa pegando entre deputados!...

O médico e deputado dr. Pessoa será a grandiosa pedra no caminho do Governador Wellington Dias (PT) e dos demais virtuais candidatos à sucessão da reeleição do Chefe di Poder Executivo do Piauí. A sua candidatura está crescendo vertiginosamente. É melhor, portanto, dialogarem com Pessoa. É aconselhável não menosprezá-lo; como fizera o ex-governador Lucídio Portela com Mão Santa em 1994, dizendo que o ex-prefeito não passava da Curva da Jurema na Br.343 com destino a Parnaíba. Ultrapassou a Br. e foi Governador com reeleição garantida. E Senador da República.

Se dr. Pessoa receber o embasamento político de Mão Santa, prefeito de Parnaíba, com Adalgisa Moraes Souza na Vice, o quadro político de 1994, que consagrou a vitória de Mão Santa, ao Governo do Piauí, estará configurado. E dificilmente Pessoa não será vitorioso.

O ex-governador Mão Santa (PROS), o governador Wellington Dias e o deputado dr. Pessoa são os três únicos políticos do Piauí que têm forte capiralidade eleitoral popular, com visibilidade em todo o Estado, com vantagens para Mão Santa e Wellington. Antes desses, apenas os ex-governadores Alberto Silva  e Chagas Rodrigues detinham apoio político-eleitoral-popular no Estado.

O dr. Pessoa, porém, poderá ter uma grande dificuldade: conseguir que Mão Santa libere sua esposa Adalgisa. Pois, não deixou que ela passe a Vice de Wellington na sua primeira eleição. Que o Prefeito de Parnaíba não tenha a mesma atitude e/ou preconceito relativamente ao dr. Pessoa. Mas Wellington é petista. Dr. Pessoa é pessedista. Ex a diferença. Mão Santa é radical contra o PT.

           

Magno Pires é membro da Academia Piauiense de Letras, ex-Secretário da Administração do Piauí, ex-consultor jurídico da Companhia Antactica Paulista (Hoje AMBEV) 32 anos. Portal www.magnopires.com.br com 93.485.180 acessos em 8 anos e um mês, e-mail: magnopires_mp@yahoo.com.br.