Você está em » Negócios
Em 21/05/2013 14:57:00

 

O Governo do Piauí e o grupo MT4 Participações e Empreendimentos S/A assinam, nesta terça-feira (21), protocolo de intenções referente ao projeto Planalto Piauí, que investirá R$3,4 bilhões na exploração de ferro nas cidades de Curral Novo, Paulistana e Simões. A assinatura acontece às 11h30, no Palácio de Karnak.

O Grupo chegou ao Piauí através da Brasil Exploração Mineral S.A (Bemisa), que vem fazendo estudos no Estado desde 2008. Esses levantamentos apontaram a existência de milhões de toneladas de ferro nas imediações de Curral, Paulistana e Simões, uma das maiores reservas do minério no país.

A expectativa da empresa, segundo informação dada por Augusto Lopes, diretor-presidente da Bemisa, durante visita ao governador Wilson Martins em janeiro deste ano, é de concluir o processo de instalação e iniciar o de operacionalização já em 2016. A previsão é iniciar obras já no segundo semestre.

Durante o período de instalação do projeto Planalto Piauí, deverão ser gerados cerca de 4,8 mil empregos diretos e indiretos. O Produto Interno Bruto (PIB) do Piauí deverá ser ampliado em 10% com o investimento da Bemisa.

Estudos da Bemisa comprovam ainda a qualidade do material que pode ser produzido a partir do ferro extraído no Piauí. Trata-se de magnetito, o que permite que se chegue a derivados do tipo premium.

Por Vanessa Mendonça