Você está em » Política
Em 09/11/2018 09:09:04

O SENADOR CIRO E FIRMINO ALIADOS ÀS ELEIÇÕES DE 2022

Magno Pires

            Tomando-se o PSDB como exemplo, está muito difícil às oposições piauienses galgarem a Chefia do Poder Executivo. As candidaturas tucanas foram todas derrotadas. Nenhuma foi exitosa. Wall Ferraz, Chico Gerardo, Firmino Filho, Sílvio Mendes e, este ano de 2018, o deputado estadual Luciano Nunes. E candidatos fortíssimas como Wall Ferraz, Firmino Filho e Sílvio Mendes não conseguiram impor derrotas aos seus contedores. E o partido continua definhando. Cada ano que se passa e/ou a cada evento eleitoral diminui de tamanho e estrutura. Embora, em Teresina, vença todos os embates eleitorais. Firmino e Wall Ferraz, notadamente esses dois líderes, notabilizaram-se na capital. Ainda não surgiu um político para arrebatar a sua hegemonia em Teresina. Nem sequer o ex-governador Alberto Silva e a esposa de Mão Santa. Não obstante essa consolidação político-partidária, com um líder-único, e até por isso, o partido não consegue despontar no interior onde tem pequena projeção. E com Firmino Filho, a agremiação apequenou mais ainda porque o prefeito Firmino autorizou que a sua esposa Lucy Silveira, eleita deputado estadual, e o sobrinho Firmino Paulo, também reeleito deputado estadual, além de Sílvio Mendes e Wellington Bonfim ingressassem nas fileiras do partido Progressistas do Senador Ciro Nogueira. Firmino, portanto, é o responsável pela diminuição do PSDB, que permanecerá circunscrito a Teresina. Nada de projetar o tucanato pelo interior. Esse posicionamento teresinense é uma das características dos tucanos. E entendo que agora, com essa nova derrota para o governo estadual e a migração desses quadros para o Progressistas, o isoladamento será ainda maior e com submissão do prefeito da capital à forte liderança de Ciro que se saiu politicamente mais forte em todo o Estado como aliado de Wellington Dias (PT); e com todos as condições de candidatar-se ao governo do Estado em 2022, até mesmo sem o embasamento político do governador releito. O Progressistas foi a agremiação que mais se fortaleceu e cresceu nas eleições de 2018. Até mais que o petismo, embora este detenha a Vice Governadoria e o Poder Executivo. O PSDB, ao que indicam as projeções políticas para 2022, estará aliado ao Senador Ciro. E, exclusivamente nessa posição, galgará ao Governo no Estado, postulando a Vice na chapa do Progressistas.

            É evidente que o fenômeno Bolsonaro mudará (como já alterou em 2018) todo o cenário político-eleitoral para 2022 no Piauí e no Brasil. Embora o Progressistas nacionalmente alie-se ao PSL, conforme já previsto. O Senador Ciro é hábil negociador e conciliador como presidente do seu partido. Mas, não tenho dúvidas, haverão reacomodações partidárias em função do novo presidente. Este, entretanto, não vai prescindir do apoio dos deputados filiados ao Progressistas, ainda que já disponha de maioria para aprovar determinadas matérias do seu interesse no Congresso Nacional, porém, não tem maioria de 308 deputados para aprovar emendas constitucionais. Precisará, consequentemente, da ajuda de deputados e senadores de outras agremiações.

            O senador Ciro não terá o mesmo prestígio que detém no governo Temer com Bolsonaro. Entretanto, embora o estilo político diferente do presidente Bolsonaro e eleito sem o poder dos grandes partidos, o presidente necessitará da formação de um bloco parlamentar de fortalecimento de sua gestão e para aprovação de matérias constitucionais que pretenderá fazer.

            Por conseguinte, a nosso ver, o prefeito Firmino Filho, seguirá aliado do Senador Ciro. Este poderá abrir uma dissidência com Wellington Dias, com vistas à eleição majoritária 2022, por conta do interesse do Senador Progressistas querer disputar o Governo Estadual. E o PT, com o atual governador, não acatar a posição de Ciro.

 

Magno Pires é membro da Academia Piauiense de Letras, ex-Secretário da Administração do Piauí, ex-consultor jurídico da Companhia Antactica Paulista (Hoje AMBEV) 32 anos. Portal www.magnopires.com.br com 110.242.112 acessos em 9 anos e um mês, e-mail: magnopires_mp@yahoo.com.br.