Você está em » Blog
Em 20/12/2012 12:24:00

A expedição gratuita de documentos civis pelo Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural será retomada no Piauí em fevereiro de 2013, com uma programação que pretende atender 131 municípios do Estado ao longo do ano. Este ano, foram realizados 66 mutirões. Para o delegado federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário no Piauí, Pedro Calisto de Oliveira, a emissão gratuita dos documentos garante o direito de cidadania das pessoas e possibilita o acesso às políticas públicas. Ele considera os mutirões significativos para a população piauiense. "É impossível medir o tamanho da satisfação das pessoas ao receber o documento sem custo algum. É uma ação de grande valia, principalmente quando é difícil o acesso à capital. Tem município que fica a 900 quilômetros de distância", avalia. Este ano, o programa expediu 14.829 documentos. Os mais procurados foram as carteiras de identidades, com 5.156 documentos entregues, seguido de carteira de trabalho, com 3.887. Nos mutirões deste ano, o INSS fez 5.536 atendimentos e foram fotografadas 5.772 pessoas. O total de atendimentos, incluindo emissão de documentos, fotografias, atendimentos do INSS e outros, soma 28.085. O município com o maior número de pessoas beneficiadas foi Joaquim Pires, com 952 atendimentos.