Senado Federal aprova projeto que criminaliza violação de prerrogativas da advocacia