Você está em » Esporte
Em 07/07/2016 07:51:00

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, garantiu, nesta quarta-feira (6), no Rio de Janeiro, que não faltará segurança durante as Olimpíadas. Ele informou que o número de militares das Forças Armadas que trabalharão durante o torneio subirá de 18 mil para mais de 21 mil homens.

Com isso, o efetivo total utilizado durante a Rio 2016 chegará a mais de 41 mil pessoasconsiderando, também, o reforço militar nas cinco cidades que terão jogos de futebol olímpico. 

“Houve solicitação do governador do estado do Rio, Francisco Dornelles, para disponibilização de mais efetivo, então colocamos mais três mil homens e subimos para mais de 21 mil no Rio de Janeiro”, disse Jungmann“Não faltará dispositivo de defesa e segurança para os Jogos Olímpicos. Se necessário for, vamos mobilizar mais”, reforçou o ministro. 

Além do policiamento ostensivo, as Forças Armadas atuarão em atividades como na segurança VIP (escolta de batedores), na proteção de estruturas estratégicas e no enfrentamento ao terrorismo. Ainda haverá uma reserva de contingência. 

“Em todas as áreas, esferas e lugares pré-determinados, dentro e fora das arenas, nós teremos esquema de defesa, segurança e inteligência que atende a todos os requisitos do Comitê Olímpico Internacional, garantindo segurança e tranquilidade na realização desses Jogos”, reafirmou o ministro Raul Jungmann.

Fonte: Portal Brasil