Literatura

O MUNICÍPIO DE PARNAGUÁ

O MUNICÍPIO DE PARNAGUÁ

                                                                                                                                                                                                                                                                                                Magno Pires

O município de Parnagua está encravado na região dos Cerrados. Distância de Teresina 823 km. Foi um dos primeiros a ser criado no Estado. Data de 19 de junho de 1761 a Carta Régia de sua emancipação e instalação em julho de 1772. Atualmente conta com 259 anos de idade. Área territorial 3.429 km2. População 10.530 habitantes.

              As terras de Parnaguá, habitadas na época da descoberta do Piauí por índios Pimenteiras, Cheréns e Acoroás, foram divididas em sesmarias pelo Governador de Pernambuco, D. Pedro de Almeida, a partir de 1676.

              Índios Macoazes e Rodeleiros infestaram por bastante tempo os estabelecimentos e as fazendas da região, conhecida na época por Sertão de Rodeltas. A essas incursões se deve a fundação da Vila de Parnaguá, em 1698 (extraído do livro Municípios – Nossa História, Nossa Gente de Luiz Gonzaga de Sousa Milanez).

             

As aldeias indígenas dos Pimenteiras, Cheréns, Acoroás, Macoazes e Rodeleiros foram dizimados por Domingos Jorge Velho e os demais fazendeiros para ocuparem os territórios indígenas, os primitivos proprietários das terras.

              O trabalho jesuítico dos evangelizadores católicos, para submeter os índios à civilização do homem branco, foi praticamente em vão. E os fazendeiros, certamente não aceitaram porque era uma tarefa difícil e demorada.

              Ademais, as áreas deveriam ser ocupadas para fazer as pastagens para o gado, derrubadas das matas para o plantio de alimentos e esse esforço era impedido pela ação dos índios, na luta para preservarem os seus territórios. E nessa luta desigual os indígenas eram abatidos até o final da nação. Ou, então, eram expulsos e iam ocupar outras áreas da província nos chapadões  e/ou nos Cerrados.

              O município de Parnaguá tem forte tradição de criatório de gado nelore de excelente qualidade. Possui grandes fazendas com enormes rebanhos.

              Grupos empresariais do Sul e Sudeste também, com grandes plantações de soja. O plantio é mais preponderante do que o criatório. O preço da soja alterou a economia do município, mas não quer dizer que a pecuária deixou de ter a sua relevantíssima importância na região e no município de Parnaguá.

              O binômio pecuária e soja dominam as relações do desenvolvimento do município. E são preponderantes na decisão dos novos investidores.

              Parnaguá tem grande tradição política. É polo micro regional e compete com Corrente a forte base da agropecuária. Corrente se notabiliza mais pelos grandes criatórios de gado, mas há também produtores de soja em menos escala.

              O município tem uma boa estrutura física e social, porém, como toda a grandiosa região sul, as comunicações e energia não são boas. Carecem de grandes melhorias para produzir mais e crescer com maior velocidade. Comunicação, energia e estrada ruins são obstáculos ao desenvolvimento do município e da região.

              Há um bom sistema educacional do município e do Estado. Os empreendedores do Sul, que são a maioria do município, impuseram alterações relevantes. Inclusive participando na política partidária, com alguns elegendo-se prefeitos.

              Há polos educacionais da UESPI e da Universidade Federal do Piauí.

              Há também grandes criadores de ovinos. O carneiro é o prato principal da refeição.

              A culinária do município é de excelente qualidade. Variados pratos. Os investidores “de fora” introduziram as modalidades de refeições de sua origem.

              A sede municipal é banhada por uma imensa lagoa que é ponto turístico. É belíssima.

              A cidade sede do município dispõe de uma boa infraestrutura de hotéis e pousadas, com bares e restaurantes funcionando dia e noite e oferecendo refeições de excelente qualidade.

              Parnaguá é município e polo atraentes de grandes empreendedores do agronegócio. Não só o município, mas também toda a região, tem um passo marcado com o desenvolvimento; oferecem ótimas vantagens e oportunidades de instalação de grandes projetos de grãos e criatório de gado, mas especialmente de grãos.

 

Magno Pires é Membro da Academia Piauiense de Letras e o Vice-presidente, ex-Secretário da Administração do Piauí, Advogado da União (aposentado), jornalista, administrador de empresas, Portal www.magnopires.com.br, e-mail: [email protected]