Petrobras poderá negociar até 70% em áreas de cessão onerosa do pré-sal